Colégio Queiroz Brunelli
Escola Primeiros Passos
  1.      

Notícias

Está difícil disciplinar seu filho?

12/04/2018



Clique na foto para ampliar


Para muitas mães, disciplinar o filho é uma das tarefas mais difíceis e frustrantes da maternidade, um teste aparentemente interminável entre você e seu filho. Porque apenas quando um problema consegue ser solucionado, seu filho irá ter outro comportamento incômodo – e o processo começa de novo.

 

O que exatamente significa “disciplinar” uma criança? Algumas pessoas usam o método da palmada e castigo, mas não é disso que estamos falando. Disciplina é estabelecer regras para impedir que seu filho se envolva em comportamento agressivo, perigoso e inadequado. É também uma questão de levar em conta as consequências quando ele quebra as regras. Separamos sete dicas que podem ajudá-lo a definir limites e impedir o mau comportamento.

 

1-Escolha suas batalhas


Defina o que é importante para você, defina limites e siga as consequências apropriadas. Então relaxe com pequenas coisas que são irritantes, mas que caem na categoria do “quem se importa?” – os hábitos que seu filho provavelmente superará, como insistir em usar roupas roxas (e apenas roxas).

 

 

2-Conheça os gatilhos do seu filho


Algum mau comportamento dá para ser evitado – contanto que você possa antecipar o que acontecerá e criar um plano de jogo com antecedência. Se seu filho de tiver a mania de pegar latas das prateleiras do mercado, traga alguns brinquedos para ele brincar no carrinho enquanto estiver fazendo compras. Se ele gosta de desenhar nas paredes, esconda os lápis de cera numa gaveta fora do alcance e não o deixe colorir sem supervisão. Além disso, algumas crianças agem de forma diferente quando estão com fome, cansadas ou frustradas. Certifique-se de que seu filho coma lanches saudáveis, durma o suficiente e brinque fora para queimar energia.

?

3-Seja consistente


“Entre as idades de 2 e 3 anos, as crianças estão trabalhando duro para entender como seu comportamento afeta as pessoas ao seu redor”, diz Claire Lerner, diretora de recursos parentais. “Se a sua reação a uma situação continua mudando – um dia você deixa seu filho jogar uma bola em casa e no outro você não – você vai confundi-lo”, explica. Se você sempre responder da mesma maneira, ele provavelmente aprenderá a lição depois de quatro ou cinco vezes, então, seja determinado, não deixe que as táticas de seu filho influenciem você – não importa o quão fofas (ou espertas) elas sejam.

 

4-Não fique emocional


Claro, é difícil manter a calma, mas se você gritar de raiva, a mensagem que você está tentando enviar se perderá e a situação aumentará rapidamente. Resista ao impulso de elevar sua voz. Respire fundo, conte até três e desça até o nível dos olhos do seu filho. Seja rápido e firme, sério e severo.

 

5-Seja curta e simples


Se você é como a maioria das mães de primeira viagem, você tende a oferecer explicações detalhadas para seu filho sobre o que ele fez de errado e emitindo detalhes sobre os privilégios que perderá se não parar de se comportar mal. Como estratégia de disciplina, o overtalking é tão ineficaz quanto tornar-se excessivamente emocional. Então, fale em frases curtas, repetindo-as algumas vezes e incorporando inflexões vocais e expressões faciais. Por exemplo, se seu filho de 18 meses bater em seu braço, diga: “Não, Jake! Não bata na mamãe! Isso dói! Sem bater. Sem bater.”

 

6-Dê um tempo


Se tudo isso não tiver curado seu filho do comportamento ofensivo, considere colocá-lo no “canto para pensar” por uns minutos. Antes de impor o intervalo, coloque um olhar sério em seu rosto e dê um aviso em um tom severo de voz: “Eu estou contando até três, se você não parar, você está indo para o canto pensar. Um, dois, três!”. Se ele não ouvir, leve-o para o local que você designou para o “castigo” e defina um temporizador. Quando tudo acabar, peça a ela que peça desculpas e dê um grande abraço para transmitir que você não está com raiva.

 

7-Mantenha-se positivo


Não importa o quanto você se sinta frustrado com o mau comportamento do seu filho, não desista dele na frente dele. Ainda assim, é perfeitamente normal sentir-se irritado de vez em quando. Se você chegar a esse ponto, consulte seu parceiro, seu pediatra ou um amigo de confiança para obter suporte e orientação.

 

Por fim, saiba que a disciplina efetiva começa com a compreensão de onde o seu filho se enquadra no espectro do desenvolvimento. Aos 18 meses seu filho é curioso, destemido, impulsivo, móvel e ignorante sobre as consequências de suas ações – um problema. Aos 2 anos, seu filho está usando suas habilidades motoras para testar limites, correndo, pulando, jogando e escalando. Ele está falando algumas palavras de cada vez, fica frustrado quando não consegue entender e está propenso a birras. Também é egocêntrico e não gosta de compartilhar. Aos 3 anos, seu filho agora é um tagarela; ele está usando a linguagem para discutir seu ponto de vista.


Fonte:http://paisefilhos.uol.com.br/crianca/esta-dificil-disciplinar-seu-filho-a-gente-te-ajuda/Está difícil disciplinar seu filho?

NOTÍCIAS
16
  1. 5 maneiras de estimular o cérebro do seu filho
  2. 1. Natureza   Ao estimular todos os sentidos, da audição à visão, as aulas ao ar livre podem melhorar a performanc...
  3. Leia mais
13
  1. Sarampo: o que você precisa saber sobre a volta da doença
  2. Infectologista pediátrico explica quais sintomas devem chamar a atenção dos pais e reitera importância da vacina diante ...
  3. Leia mais
12
  1. Precisamos falar sobre a saúde mental das mães
  2. Já se passaram cinco anos, mas sempre me lembro como se fosse ontem.   Eu, uma recém-nascida no colo e uma filha d...
  3. Leia mais
11
  1. 11 perguntas e respostas sobre cuidados com a pele do bebê no inverno
  2. Não é só a pele dos adultos que sente os efeitos desse período do ano. Saiba como cuidar da pele dos pequenos nos dias f...
  3. Leia mais
10
  1. Crianças podem tomar café?
  2. A nutróloga Liliane Opperman explica como a bebida pode ser incluída no cardápio dos pequenos.   O café tem um che...
  3. Leia mais

Outros notícias

  1. Nossos Comunicados
  1. 5 maneiras de estimular o cérebro do seu filho
  2. Julho 16, 2018
  1. Sarampo: o que você precisa saber sobre a volta da doença
  2. Julho 13, 2018
  1. Contato
  1. Ribeirão Preto
  2. Administração:
    Rua Miguel Ignácio, 378
    Jardim Castelo Branco Novo
    CEP: 14090-530
    Telefone: (16) 3627-2548
  1. Rede Sociais
  1.